Desenhando o CIC

Vista dos fundos do CIC. Pastel seco sobre papel mostarda

Quando o Urban Sketchers Florianópolis expôs os desenhos dos participantes no Espaço das Oficinas de Arte do CIC (Centro Integrado de Cultura), programou também um encontro no próprio prédio na semana seguinte à da abertura. Foi uma forma de retribuir a cessão de um espaço público e também a oportunidade de atrair os visitantes da… Continuar lendo Desenhando o CIC

O retiro que a novela transformou em hospital

Desenho da Casa de Retiros Vila Fátima no 43º encontro do Urban Sketchers Florianópolis

Quando chegam visitas de outras cidades, trato logo de levá-las ao retiro do Morro das Pedras. Não para mantê-las longe das tentações terrenas – essa responsabilidade não é minha – mas para apresentar uma das vistas mais bonitas de Florianópolis: as praias do Morro das Pedras e da Armação vistas de cima da colina. A… Continuar lendo O retiro que a novela transformou em hospital

Urban Sketchers na travessa Ratcliff

Movimentação na travessa Ratcliff durante o encontro de dois anos do Urban Sketchers Florianópolis em 2018

Não é recomendável, mas o sábado na travessa Ratcliff segue como se não houvesse pandemia. Sei disso porque passei de carro há umas semanas e, tirando o movimento um pouco menor, estava tudo como antes. A feijoada do bar do Noel, a roda de samba e a cerveja nos bares que se espalham pelos trinta… Continuar lendo Urban Sketchers na travessa Ratcliff

Casarão da Presidente Coutinho: difícil de desenhar

De arquitetura curiosa, casa está em bom estado. Crayon sobre papel kraft

No 70º encontro do Urban Sketchers Florianópolis, arrisquei desenhar na rua. Só que, diferente do casarão anterior, que ficava numa ruela pouco frequentada, o de hoje está plantado na rua Presidente Coutinho, uma daquelas vias de Florianópolis entre o centro e Beira-Mar cheia de prédios residenciais e comerciais, clínicas, padarias e uma galeria de arte.… Continuar lendo Casarão da Presidente Coutinho: difícil de desenhar

Desenhando com música (que eu não escolhi ouvir)

Museu Victor Meirelles e fundos da agência central dos Correios. Nanquim e pastel oleoso

Tenho admiração por caricaturistas de eventos, retratistas de calçadão e outros profissionais que desenham em público com gente passando, sob o olhar dos curiosos e com música de fundo que nem sempre é suave. Em agosto de 2019, senti como é a experiência. Foi quando o Urban Sketchers Florianópolis combinou de fazer um encontro dentro… Continuar lendo Desenhando com música (que eu não escolhi ouvir)

O segundo desenho sempre sai melhor

Caixa d’água ao lado da Igreja de Pedra no Rio Tavares. Nanquim sobre papel

Quem faz desenho de observação sabe que as primeiras tentativas saem um pouco duras. É por isso que as sessões de modelo vivo costumam iniciar com um “aquecimento”, sequências de poses de menos de três minutos para o cérebro entrar no modo de representação visual. No desenho de rua, a gente se perde nos detalhes… Continuar lendo O segundo desenho sempre sai melhor

Só faltou a merenda: um sábado à tarde na antiga escola Silveira de Souza

Planta em formato de “u” guarda pátio interno acessível pelos fundos

Quem passa a pé pela calçada estreita em frente do número 334 da rua Alves de Brito, no centro de Florianópolis, só consegue ver o muro alto pintado de rosa claro. É o endereço onde funcionou a antiga escola Silveira de Souza e que guarda as lembranças de quem estudou lá durante seus quase cem… Continuar lendo Só faltou a merenda: um sábado à tarde na antiga escola Silveira de Souza

Boteco pelo menos não virou farmácia

Casarão da padaria Padoka foi um boteco tradicional até 1992. Desenho com tira-linhas e nanquim

Devo ter entrado na nesse casarão no fim da rua Esteves Júnior só uma vez na vida. É uma padaria chamada Padoka. Cheguei lá de shorts e camiseta suada depois uma corrida na avenida Beira-Mar. Interpretei que enfrentar dez quilômetros com o coração na boca me dava um salvo-conduto para atacar um pão de queijo,… Continuar lendo Boteco pelo menos não virou farmácia

Casario, na coluna de Fabio Gadotti

A coluna Bom dia, do jornalista Fabio Gadotti, destacou ontem o encontro virtual do Urban Sketchers Florianópolis em abril. O tema foi a única casa que ainda resta na região, na esquina da avenida Professor Othon Gama D’Eça com a rua Bocaiúva, no Centro. Dentre as dezenas de desenhos dos participantes, a coluna reproduziu o… Continuar lendo Casario, na coluna de Fabio Gadotti

Desenho da rua Conselheiro Mafra “emerge” em portal de notícias

Há três anos, o movimento Urban Sketchers Florianópolis marcou um encontro para desenhar o casario antigo no final da rua Conselheiro Mafra. Lembro que ainda fazia calor. Achei uma sombra e fiz a fachada de quatro construções antigas, onde hoje funcionam a Tupã Embalagens, a Vera Cruz Aviamentos, a farmácia Similibus e o restaurante chinês… Continuar lendo Desenho da rua Conselheiro Mafra “emerge” em portal de notícias