Laerte e o manual para desmontar o mundo

Manual do Minotauro é uma leitura que demanda cuidado, tem de ir devagar. Porque este álbum de Laerte tem a maior quantidade que já li de conceitos, metáforas, nonsense, non sequitur, paradoxo, absurdo, antítese, contradição e analogia por centímetro quadrado de quadrinho. O volume de 400 páginas, lançado este ano pela Companhia das Letras, traz… Continuar lendo Laerte e o manual para desmontar o mundo

Urban sketching: uma crônica do primeiro encontro

Para mim, um dos cenários mais interessantes ao redor da Praça 15

Se você gosta de desenhar, uma hora ou outra vai ouvir falar do movimento Urban Sketchers. Pode ser através de um post no Instagram ou ao descobrir o blog de algum artista. Se procurar mais, vai saber que o movimento tem “filiais” em Seattle, Lisboa, Chicago, Cingapura, São Paulo e muitas outras cidades. Mais de… Continuar lendo Urban sketching: uma crônica do primeiro encontro

A palmeira, a caneta e a motosserra

Com as sessões de modelo vivo suspensas, estou há um tempo desenhando só linhas retas. Quando muito, uma fachada em curva ou um pneu de carro. É o que vejo quando vou registrar a arquitetura nas ruas de Florianópolis. Mas hoje, estou sentado em uma espreguiçadeira no jardim em frente ao casarão do departamento de… Continuar lendo A palmeira, a caneta e a motosserra

Com altos e baixos, 5 mil visualizações

O aplicativo do WordPress no celular acaba de me “parabenizar” pela marca de 5 mil visualizações neste site. A contagem começou em março, quando transferi o site antigo para este blog. Fazendo as contas, não é muito: pouco mais de vinte visualizações por dia. Mas acredito que o visitante de um blog preste mais atenção… Continuar lendo Com altos e baixos, 5 mil visualizações

Centro Leste, só que de dia

Esquina das ruas Victor Meirelles com Nunes Machado. De manhã, a região é calma

É uma manhã de sol em um sábado de 2019 quando chego com o material de desenho e me instalo encostado ao muro da Escola Antonieta de Barros, no Centro de Florianópolis. Me fazem companhia os lambe-lambes e pichações. São lembranças de protestos de 2018 que exigiam que o Estado desse uma solução para o… Continuar lendo Centro Leste, só que de dia

Dia de fazer o depósito estadual

Biblioteca Pública de Santa Catarina, na rua Tenente Silveira, onde se registram as obras no Estado

Semana passada, fui à Biblioteca Pública de Santa Catarina deixar três exemplares do meu livro 60 dias dentro de casa – Um diário ilustrado do isolamento. Fui muito bem atendido e o ambiente está com as medidas necessárias de controle da pandemia. No mesmo dia, recebi um email de agradecimento pela doação. Toda obra editada… Continuar lendo Dia de fazer o depósito estadual

Casa na Chácara do Espanha (das poucas que restam)

Casa de elementos da arquitetura neocolonial na rua Coronel Melo Alvim

Para desenhar na rua, com chuva, é preciso habilidades extras. Se o lugar escolhido não tiver uma marquise ou cobertura, você vai ter de segurar um guarda-chuva, manter os materiais à mão e apoiar o caderno. O desenho você faz com a mão que sobrar. Por essas e outras que os atuais organizadores do Urban… Continuar lendo Casa na Chácara do Espanha (das poucas que restam)

Repondo o estoque

Mais um lote de livros para a Banca Curva, de São Paulo. Já já chegam nas estantes desse simpático canto de publicações independentes e impressos na Vila Buarque. E também na loja online. Leia o outro post que escrevi sobre a Banca no início do ano.

Desenhando o CIC

Vista dos fundos do CIC. Pastel seco sobre papel mostarda

Quando o Urban Sketchers Florianópolis expôs os desenhos dos participantes no Espaço das Oficinas de Arte do CIC (Centro Integrado de Cultura), programou também um encontro no próprio prédio na semana seguinte à da abertura. Foi uma forma de retribuir a cessão de um espaço público e também a oportunidade de atrair os visitantes da… Continuar lendo Desenhando o CIC

O retiro que a novela transformou em hospital

Desenho da Casa de Retiros Vila Fátima no 43º encontro do Urban Sketchers Florianópolis

Quando chegam visitas de outras cidades, trato logo de levá-las ao retiro do Morro das Pedras. Não para mantê-las longe das tentações terrenas – essa responsabilidade não é minha – mas para apresentar uma das vistas mais bonitas de Florianópolis: as praias do Morro das Pedras e da Armação vistas de cima da colina. A… Continuar lendo O retiro que a novela transformou em hospital