• Vinte artistas interpretam Hassis em exposição e livro

    Vinte artistas interpretam Hassis em exposição e livro

    Lá em janeiro, recebi um convite da escritora, ilustradora e arte-educadora Monique Fonseca para participar do projeto Hassis, Seus Amigos e Eu. A proposta foi mergulhar no acervo do artista, escolher uma obra e reinterpretá-la. Uma só obra? Hassis (Hiedy de Assis Corrêa, 1926-2001) deixou milhares de pinturas, desenhos e esculturas, além de fotografias, cartazes,…

    Continue lendo

  • Antes que a velha rodoviária desapareça

    Antes que a velha rodoviária desapareça

    No final de 1976, um casal de arquitetos com um bebê de colo veio de São Paulo em um Fusca vermelho para se mudar definitivamente a Florianópolis. Ela, minha mãe, tinha 28 anos. Meu pai estava prestes a fazer 31. Só nos anos seguintes iríamos pegar ônibus na antiga rodoviária, entre as avenidas Mauro Ramos,…

    Continue lendo

  • A casa azul, o coqueiro e o gato

    A casa azul, o coqueiro e o gato

    Domingo é domingo, ainda mais de manhã cedo. O final da rua Vera Linhares de Andrade, quase no pé do morro da Lagoa, está vazio. É um trecho onde o asfalto se estreita e a calçada espreme as pessoas. A meia dúzia de casas fica escondida dos carros. De pedestres, só uns poucos moradores e…

    Continue lendo

  • 15 anos de Beterraba

    15 anos de Beterraba

    Quem tem gato é porque acredita no futuro da humanidade. Ou, pelo menos, acha que mora em uma país estável. Gatos são irremovíveis e odeiam sobressaltos. Mesmo uma ida ao veterinário no conforto de um automóvel com ar condicionado faz o animalzinho agir como se estivesse indo ao matadouro. Por isso, a decisão de adotar…

    Continue lendo

  • Obituário? Nem morta

    Obituário? Nem morta

    Tirando o horóscopo e a previsão do tempo, os jornais lidam com o passado recente. O obituário, aquele anúncio de falecimento impresso a pedido da família, também entra nessa categoria dos acontecimentos dos últimos dias. Na Folha de São Paulo, essa seção tem um nome seco: “Mortes”. Para amenizar a aspereza, o jornal publica todo…

    Continue lendo

  • Uma conversa sobre desenhar, fotografar e caminhar pela cidade

    Uma conversa sobre desenhar, fotografar e caminhar pela cidade

    Florianópolis é um labirinto de asfalto que você observa da janela do carro ou é um espaço por onde você anda com confiança? Seu bairro lhe é familiar ou você se sente excluído? Os participantes da roda de conversa Vitalidade urbana: iniciativas que se apropriam do espaço público através do desenho, da fotografia e da…

    Continue lendo

  • A penúltima locadora do bairro

    A penúltima locadora do bairro

    Se você quiser ser mais discreto enquanto desenha na calçada, uma tática é se encostar em uma árvore, caixa de energia ou coisa do tipo. Minha escolha foi colocar a banqueta ao lado de um poste. Assim, eu ficaria menos visível aos passantes. Não deu muito certo. Dois frentistas do posto de gasolina vizinho estavam…

    Continue lendo

  • A volta à feira no Centro Cultural Veras

    A volta à feira no Centro Cultural Veras

    A última vez em que expus em uma feira de artes foi há sete anos. Era a época em que eu enchia duas caixas com minha produção de caligrafia e lettering para mostrar no Parque Gráfico e na Feira de Artes de Florianópolis, dois dos eventos dos quais participei. No próximo fim de semana, 1…

    Continue lendo

  • A psique de um bairro

    A psique de um bairro

    Quase todo bairro mais antigo dessa cidade tem padaria, feira, boteco, farmácia, mercadinho, mecânica de automóveis, centro de saúde e oficina de bicicleta. Há uns dez anos, ainda havia locadora de DVDs. Aqui, o Córrego Grande prova que é um lugar completo ao oferecer todas essas conveniências (menos a locadora). E acrescenta à lista um…

    Continue lendo

  • Turma de 73 da FAU-USP abre exposição de 50 anos de formatura

    Turma de 73 da FAU-USP abre exposição de 50 anos de formatura

    Na última sexta-feira (2/6), uma palestra na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP) iniciou a comemoração de 50 anos dos formandos de 1973. Estavam presentes os ex-estudantes que entraram no curso em 1969 e que foram os primeiros a ocuparem o então novo edifício Vilanova Artigas, hoje tombado como patrimônio…

    Continue lendo

  • Aquela casa das festas com CDs

    Aquela casa das festas com CDs

    Desconheço o interior da maioria das casas que tenho desenhado aqui no bairro. Às vezes, aparece um proprietário para conversar meio por acaso. Mas ainda espero o dia em que alguém vai me convidar para um café e contar a história do imóvel. Como não bato na porta e muito menos peço para entrar nos…

    Continue lendo

  • Viemos como estávamos

    Viemos como estávamos

    Faço parte de uma plateia resignada e aflita, espalhada pelas cadeiras, que não comprou ingresso e nem ganhou convite. Estamos todos aqui por causa de um único integrante de uma peça cujo script diz que ele ou ela vai entrar pela porta de correr, sair duas horas depois e recitar sua fala.

    Continue lendo