Tag: cinema

  • A caligrafia na caracterização de personagens

    Cena em que Charulata escreve no caderno no filme de mesmo nome

    Costumo dar sorte na seção de filmes que estão para sair do Mubi. Desta vez, foi A esposa solitária (Charulata), produção indiana dirigida por Satyajit Ray. É de um país cuja cinematografia eu desconheço e recebeu nota quase nove dos assinantes (as outras produções raramente chegam a oito). No fundo, trata-se de um folhetim, mas […]

  • Nosferatu (o filme) completa um século

    Pintura digital do personagem conde Orlok, do filme Nosferatu

    Faz cem anos que a alta sociedade de Berlim recebeu convites para uma festa no grande salão do Jardim Zoológico, em 4 de março de 1922. Exigia-se que os convidados fossem vestidos com roupas da nobreza do início do século 19. A razão do evento não era surpresa. Na véspera, os produtores do filme Nosferatu […]

  • Filmes de temática lésbica pra qualquer um ver

    Desenho a traço do casarão onde funciona um antiquário com um carro estacionado na frente

    O importante é ocupar os espaços. E um desses espaços pode ser o cinema do CIC, administrado pelo governo de Santa Catarina, onde o festival Uma câmera na mão, Sapatão fez a sessão de abertura em agosto de 2019 com o longa Sapatão, câmera, ação, de Caroline Berler. A produção conta a história de diretoras […]

  • Como os anjos preenchem seus cadernos

    Cena do filme com os personagens dentro de um carro conversível

    Dois homens de meia-idade conversam dentro de um BMW conversível em uma revenda na Berlim Ocidental pré-unificação. Vestem sobretudo preto e usam rabo de cavalo. O que está no assento do motorista lê suas anotações em um pequeno caderno de capa dura: Vinte anos atrás, no dia de hoje, um caça soviético caiu no lago […]

  • Documentário sobre Urban Sketchers Florianópolis estreia na TVAL

    Hoje, 7/9, é o lançamento da série Urban Sketchers Floripa na TVAL, da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc). O documentário vai estar disponível às 21h no site da TV Alesc. A exibição é gratuita em todo o país. A série de quatro episódios acompanha integrantes do movimento em vários pontos da cidade. Em entrevistas […]

  • Memórias sobre um cineclubista

    No meio de reuniões e tarefas do trabalho, minha mulher me avisa sobre a morte de Gilberto Gerlach, escritor, pesquisador e fundador do Cineclube Nossa Senhora do Desterro, que funcionou por 25 anos no Centro Integrado de Cultura – CIC, em Florianópolis. Paro e começo a lembrar de muita coisa. Costumava encontrá-lo nas sessões de […]

  • Ganhei uma nova leitora: a personagem do filme “Até onde a vista alcança”

    Há alguns meses, o diretor Ricardo Weschenfelder me perguntou se poderia usar meu livro 60 dias dentro de casa – Um diário ilustrado do isolamento como objeto de cena em sua nova produção. Muito feliz, aceitei. Este mês, o curta-metragem acaba de estrear no YouTube da produtora Café Preto Filmes. A obra parte do particular […]

  • Cartaz de cinema exige planejamento

    Cartaz do filme desilusão fixado ao lado de outros

    Assim como Roberto Carlos sempre aparece na capa de seus discos, pôsteres de filmes comerciais frequentemente mostram uma cena ou fotografia, principalmente quando há gente famosa no elenco. Em produções menores, há mais liberdade (como nos cartazes poloneses). Nos trabalhos para os filmes Desilusão e Memórias de Passagem, eu hoje teria escolhido ideias mais conceituais […]

  • Como fiz dois cartazes de cinema

    Cartaz do filme Desilusão com pintura mostrando uma moça na janela olhando para um homem com fantasia de carnaval e um bumbo

    Minha contribuição para o cinema catarinense vai um pouco além de sentar na poltrona de espectador. Frequento as estreias e amigos cineastas até já me convidaram para aquelas exibições fechadas antes da montagem final. Mas orgulho mesmo foi ter feito os cartazes de duas produções daqui de Florianópolis: Desilusão (2008) e Memórias de Passagem (2011). […]

  • Performance de caligrafia: mais uma invenção japonesa

    Cartaz do filme As Garotas do Shodō

    Depois de assistir ao filme As Garotas do Shodō, descobri que a “performance de caligrafia” não é uma invenção do roteirista. Trata-se de uma criação em grupo usando folhas com mais de 2 metros de comprimento acompanhada de música e coreografia (geralmente J-pop). Teve início na década de 90 e pelo jeito gerou interesse suficiente para […]