O dia em que conheci o Instituto

Fachada do Completo Rozendo Lima, incorporado ao Instituto em 1993

Entrei no Instituto Estadual de Educação duas vezes na vida. Na primeira, para prestar o Enad no fim da faculdade. Na última, há quase dez anos, para fazer uma pesquisa sobre um aparelho destinado a estudantes cegos para meu trabalho. Naquele dia, eu e um colega cruzamos a entrada principal carregando dois protótipos do dispositivo,… Continuar lendo O dia em que conheci o Instituto

Carro é fácil de dirigir ou você que se acostumou?

Eu poderia estar em uma sala de espera no consultório com café e música suave mas, em uma pandemia, dentro do carro é mais seguro

Não sei você, mas eu torço para que os carros autônomos tomem as ruas em menos de cinco anos. A esperança é não precisar mais dirigir e que diminuam os acidentes. Afinal, comandar um bólido de uma tonelada a oitenta quilômetros por hora, mantendo dois metros de distância dos outros, é uma atividade que exige… Continuar lendo Carro é fácil de dirigir ou você que se acostumou?

Aeroporto: aqui o tempo não voa

Sentar na poltrona não faz o avião decolar mais rápido. Desenho com caneta tinteiro

Aviões deveriam encurtar viagens. Não dependem de estradas tortuosas, não param para os passageiros comerem misto quente, não enfrentam pedágios nem fazem pinga-pinga nas rodoviárias. Mas não há eficiência que resista a normas, procedimentos e um feriado. No dia depois do réveillon de 2020, lá estou no aeroporto de Guarulhos para embarcar em uma rota… Continuar lendo Aeroporto: aqui o tempo não voa