Dia de fazer o depósito estadual

Fachada da biblioteca, em vidro com quina vermelha. Em primeiro plano, totem de metal com os dizeres “Biblioteca Pública do Estado”
Biblioteca Pública de Santa Catarina, na rua Tenente Silveira, onde se registram as obras no Estado

Semana passada, fui à Biblioteca Pública de Santa Catarina deixar três exemplares do meu livro 60 dias dentro de casa – Um diário ilustrado do isolamento.

Fui muito bem atendido e o ambiente está com as medidas necessárias de controle da pandemia. No mesmo dia, recebi um email de agradecimento pela doação.

Toda obra editada no Estado ou de autor catarinense deve ter ao menos dois exemplares doados à Biblioteca: um para consulta e empréstimo, outro para a reserva de Santa Catarina.

É isso o que determina o depósito legal, mas você pode deixar até cinco livros. E, diferente do que está no site, me orientaram a entregá-los pessoalmente.

Portanto, daqui a alguns dias, a publicação estará disponível ao público.

O depósito legal federal, outra obrigação, deve ser feito na Biblioteca Nacional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *