Despachando livros (e feliz da vida)

Autor de casaco ocre em uma mesa de vidro escrevendo a dedicatória em um livro aberto. À sua frente, outro livro fechado. Ao fundo, parede verde
Setor de produção e logística segue todos os protocolos

Faz um ano que lancei meu livro 60 dias dentro de casa – Um diário ilustrado do isolamento. É uma produção independente que reúne os desenhos e crônicas que produzi nos primeiros dois meses da pandemia.

Hoje de manhã escrevi dedicatórias para mais dois exemplares que em breve chegarão às leitoras. E o título continua à venda na:

A edição tem 84 páginas, boa parte delas em cores. Veja os detalhes.

Até agora, vendi mais de 260 livros. Está longe de ser um best-seller, mas isso dá quase quatro vezes a tiragem inicial de 70 exemplares, esgotada em alguns dias. Saber que a obra alcançou tanta gente dá alegria e um pouco de frio na barriga.

Prefere o seu com dedicatória? Me escreva!