Bosque Pedro Medeiros

Único porém de desenhar de manhã cedo: a luz muda rápido

A pouco mais da metade dessa obra-prima da arte ocidental, me quebra a ponta do lápis aquarelável. É o único instrumento que trouxe comigo além do pincel com água. É janeiro. Ainda estou de férias. Acordamos cedo, saímos de casa por sair, de vontade de respirar outros ares, e fomos conhecer o bosque Pedro Medeiros,… Continuar lendo Bosque Pedro Medeiros