Essays / tag / exposição

Julia Iguti e Antônio C. Silva abrem a exposição Ironias nesta sexta, 23, às 19h30, no espaço Nacasa, em Florianópolis. Em exibição, mais de 50 xilogravuras que representam duas linhas de trabalho distintas. A mostra segue até 19 de outubro.

Segundo a artista Patrícia Amante, que assina a apresentação, "Julia vê pessoas, paisagens, imagens do cotidiano e jornalísticas, criando possibilidades para a elaboração do desenho, conduzindo a algo que não havia pensado", escreve. "Antônio C Silva", continua, "desenvolve uma temática sobre o ridículo do homem. Animais com caras de homens ou vice-versa, irracionais e bizarros".

A exposição traz obras desenvolvidas na Oficina de Gravura do Centro Integrado de Cultura (CIC) sob orientação do gravurista Bebeto – Iguti começou a partir da década de 1980, Silva desde 2008. Ambos são arquitetos formados na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP e moram em Florianópolis há 40 anos (e são meus pais).

Além da gravura, a carreira artística dos dois inclui pintura, desenho e escultura, com exposições na Fundação Badesc, Galeria Municipal Pedro Paulo Vecchietti, Museu Victor Meirelles, entre outros. Iguti expôs ainda no Japão e na França.

 

Ironias - Exposição de xilogravuras
Julia Iguti e Antônio C. Silva
Abertura: 23 de setembro de 2016
Visitação: Até 19 de outubro, de segunda a sexta, das 14h às 18h · Entrada gratuita
Na Casa Coletivo Artístico
Rua José Francisco Dias Areias, 359, Trindade - Florianópolis, SC
Informações:
contato@nacasa.art.br

Painel com artistas representados pela Faferia. Terceira obra da linha superior é caligrafia assinada por mim. Foto: Fifo Lima/Faferia

A Mosq (Feira de Artes Visuais) inicia sua segunda edição neste sábado, 3/9, no bistrô D'Acampora, em Florianópolis. Com obras de mais de 140 artistas, quase o dobro do ano passado, a feira tem o objetivo de "democratizar a arte, tornando-a acessível à contemplação e comercialização", segundo as organizadoras. A seleção inclui nomes consagrados e novos talentos, com técnicas que vão da pintura à escultura.

Meu trabalho em caligrafia que está lá foi levado pela Faferia - DNA de Arte, espaço cultural com galeria, cursos e molduraria, e uma das apoiadoras institucionais. A composição foi escrita a partir de letra da banda New Order e está ao lado de trabalhos de outros 17 artistas representados pela Faferia, muitos dos quais amigos e conhecidos.

Detalhe de caligrafia em nanquim e aquarela que está exposta na Mosq

Nove xilogravuras recentes dos meus pais, o casal de artistas Julia Iguti e Antônio Silva, também estão na mostra. Os dois fazem parte de um círculo que se formou ao redor da oficina de gravura do Centro Integrado de Cultura – CIC, sob orientação do professor Bebeto.

A Mosq segue até 11 de setembro, com visitação das 14 às 21h. A abertura é nesta sexta, 2/9, para artistas e convidados.


Mosq - Feira de Artes Visuais
3 a 11 de setembro de 2016, 14 às 21h
Entrada gratuita
Bistrô D'Acampora - SC 401 - Km 10 - Florianópolis - SC
feiramosq@gmail.com

Carol Grilo é conhecida pelos acessórios feitos a mão para sua marca, a FofysFactory. Há alguns anos, ela também desenvolve um trabalho autoral em bordado com abordagem contemporânea. É esta produção paralela que vai estar na exposição Torrado Coado Bordado que abre próximo sábado (12/8), no Coffee & Shop 18, em Florianópolis.

São peças com o tema de café, em que Carol combina imagens e frases usando a linguagem visual da ilustração e do design gráfico. Os onze trabalhos, feitos especialmente para esta exposição, foram desenvolvidos no período de um ano e refletem uma linha criativa que a autora vem perseguindo desde então.

Letras cursivas

Versões das palavras "café" e "100% arábica" escritas a pincel

Na época em que preparava as obras, a artista teve a ideia de bordar palavras a partir de caligrafias. Com um calígrafo em casa, foi fácil. Ela me pediu dois escritos, ambos em estilo cursivo: "café" e "100% arábica" (espécie de café mais cara e com sabor menos amargo). Peguei o pincel, fiz vários ensaios com nanquim e ela escolheu quais seriam traduzidos em linha e tecido. A área ao redor das letras ganhou tons de marrom. O interior ficou sem preenchimento, aproveitando o espaço negativo.

Café: bordado originado de uma caligrafia. Marrom, como sugere o tema

Mudança de atitude

Carol Grilo faz parte de uma nova geração de artistas que transforma artes tradicionalmente femininas e com linguagens visuais arraigadas. "Hoje artistas plásticos e crafters transmitem mensagens de nosso tempo através do bordado, que geralmente estávamos acostumados a ver em desenhos ingênuos", afirma.

Os trabalhos em exposição estão à venda.


Exposição Torrado, Coado, Bordado
Abertura: 12 de agosto, sexta-feira, às 19h
Visitação: de 12 de agosto a 2 de setembro, de segunda à sexta, das 8h30 às 19h
Onde: Coffee & Shop 18: rua Professor Acelon Pacheco da Costa, 64, loja 3 · Itacorubi, Florianópolis