Obras na telaTrabalhos no grupo Expressive Calligraphy do Flickr

Não faz muito tempo, os profissionais encarregados de selecionar artistas tinham mais poder. Em um mundo sem internet, eram editores, curadores e diretores de arte que decidiam quem seria publicado ou faria exposições.

Hoje, qualquer um descobre sozinho do que gosta, às vezes até mais rápido que os formadores de opinião. Um dos métodos é procurar a rede social certa. Navegar pelas tags, entrar em grupos e vasculhar quem segue quem são técnicas que funcionam.

E para quem faz arte, funciona dos dois lados:

  • Você informa seus seguidores sobre o que anda fazendo
  • Abre um canal de comunicação mais informal com o público
  • Mantém o contato com colegas e gente do ramo (incluindo editores, curadores e diretores de arte)

Estamos o tempo inteiro com o nariz grudado no celular, então não custa nada adicionar bons calígrafos e letristas para se inspirar. Abaixo, os cinco serviços que uso hoje (deixei de fora sites específicos de portfolio, tais como Dribble e Behance):

Instagram

É a principal rede de fotos atualmente. Todo mundo está lá, das estrelas mundiais da caligrafia aos iniciantes mais tímidos. A busca é baseada em tags e se você seguir muitos contatos, provavelmente vai acabar perdendo atualizações. A atividade social se resume a curtir, comentar e, mais recentemente, a trocar mensagens. Postei minha milésima foto há poucos meses.

Meu perfil no Instagram: ivanjeronimo

Flickr

Rede de compartilhamento de fotos e vídeos que oferece pelo menos quatro coisas que o Instagram não tem:

  • Fotos grandes
  • Grupos
  • Álbuns para organizar as fotos
  • Controles de quem vê suas publicações

Inicialmente focada em desktop, sofreu uma queda na quantidade de usuários quando eles foram para os celulares. Reagiu com uma bela reforma no aplicativo móvel e hoje é uma rede habitada por fotógrafos e pessoas com interesses específicos. Isso inclui os calígrafos, que contam com pelo menos uma dúzia de grupos e vários artistas que postam regularmente.

Há uns meses saiu a notícia de que o Yahoo venderia o Flickr para se concentrar em assets mais promissores, mas ficou nisso. Este ano minha conta completa dez anos. Tenho quase a mesma quantidade de fotos que tenho no Instagram.

Meu perfil no Flickr: ivanjeronimo

Facebook

Tem grupos e a possibilidade de montar uma fanpage (página de empresa). Muitos calígrafos e letristas estão lá, alguns com perfis pessoais, outros com fanpage. Faço parte de dois grupos de caligrafia: Coffee Calligraphic e Caligrafia.

Sendo a maior rede do mundo, sofre com a superpopulação: é tudo muito caótico e o sistema exibe muita besteira. Os controles de privacidade são confusos e sua imagem pode ser baixada por qualquer um que consiga vê-la. Para quem tem página de empresa, os posts que não são pagos têm alcance limitado. Infelizmente, é onde a maioria dos usuários de internet passa o tempo, por isso é interessante manter uma conta ativa.

Minha página no Facebook: oivanjeronimo

YouTube

Ótimo para aprender qualquer coisa, inclusive caligrafia e lettering. Vários artistas postam vídeos do processo de criação das suas obras. Como portfolio, você terá mais visitas se seu produto tiver um viés educativo (curso ou palestra) ou performático. 

É uma opção prática e gratuita para deixar os vídeos publicados e compartilhá-los em outros lugares. Tenho a conta há uns dois anos e já publiquei uns dez vídeos. Seu principal concorrente é o Vimeo.

Meu canal do YouTube: ivanjeronimo

Pinterest

Funciona como um álbum de recortes. Cada imagem ou página que você salva vira um cartão chamado pin, que por sua vez pode ser agrupado em boards. Você pode seguir outros usuários ou somente os boards. Em poucos anos usando o serviço, acumulei cerca de 800 pins agrupados em 44 boards com temas como caligrafia, design gráfico e música.  

Para calígrafos e outros artistas, o Pinterest tem a dupla função de guardar referências e revelar gente talentosa. Por outro lado, é um dos responsáveis pela uniformização visual do planeta inteiro. 

Meu perfil no Pinterest: oivanjeronimo