Encontro de interessados em caligrafia, type design e lettering, o Café com Serifa chega à quinta edição neste sábado, em novo local. Desta vez, será no Tralharia, mistura de antiquário, café e cervejaria no Centro de Florianópolis. A proposta do evento é ser um espaço informal para conversas e colaborações entre praticantes de letras.

Ideia é ter artistas diferentes para os cartazes das próximas edições. Este, com lettering digital, foi feito por mim

Nesta edição, os designers Nicole Castro e Rafael Hoffmann apresentam o projeto Pintores de Letras, que documenta o ofício de letristas populares em muros e fachadas do sul de Santa Catarina. A dupla inicia a produção de um documentário em breve, viabilizado por financiamento coletivo.

Profissionais que fazem os letreiros do pequeno comércio são tema do projeto Pintores de Letras

O Ateliê Hodie se destaca pelo refinamento nos artigos de papelaria, que evocam o universo dos criadores Lese Pierre e Mariah Dias. A proposta foi apresentada ao público pela primeira vez na feira Parque Gráfico, no fim de maio. Agora, eles vão detalhar o conceito por trás da coleção, incluindo as escolhas tipográficas.

Cartões do Ateliê Hodie. Imaginário permeia toda a linha da marca

O caderno colaborativo inaugurado na edição anterior vai circular de novo. Cada participante tem uma página para fazer uma letra com qualquer material ou técnica. Quando for completado, o plano é digitalizá-lo para publicação online.

O Café com Serifa é aberto e tem entrada gratuita.


Café com Serifa - 5ª edição

Encontro de type design, caligrafia, lettering e afins
Programação:
  • Apresentação do projeto Pintores de Letras, por Nicole Castro e Rafael Hoffmann
  • Apresentação do Ateliê Hodie, por Lese Pierre e Mariah Dias
  • Caderno coletivo (cada pessoa tem uma página para escrever ou desenhar uma letra)
  • Sorteio de brindes
3 de junho de 2017, sábado, às 15h
Entrada gratuita